O que é o EPI-NO

O Epi-No consiste em um balão em silicone, conectado a um medidor de pressão através de um tubo em silicone, com bomba em elastômero termoplástico e válvula de liberação de ar.

EPI-NO Delphine Plus EPI-NO Libra

Como Comprar

Para comprar basta clicar no botão “Comprar” e você será redirecionado para a área de pagamento, onde poderá informar os dados para entrega.

Comprar

Depoimentos

“Eu precisei utilizar o EPI-NO Libra para fortalecer o assoalho pélvico para prevenir a cistole e problemas na região uterina a alguns meses. Eu o uso diariamente e estou adorando os resultados.”

Giovanna Herrera

“Há vários anos tenho estimulado as gestantes a utilizar o Epi-No Delphine-Plus devido aos excelentes resultados quanto à manutenção da integridade perineal e vaginal no pós-parto.”

Dr. Jorge Kuhn – Obstetra da Casa Moara / SP e da UNIFESP

“Eu já conhecia o Epi-no, mas não sabia que ele poderia tornar o nascimento da Ana tão tranquilo. Foi tudo ótimo e minha recuperação está sendo muito tranquila também.”

Juliana Venturi – mamãe da Ana Clara

“A aplicabilidade do produto proporciona satisfação ao paciente e ao profissional que acompanha o sucesso do tratamento. Eu recomendo.”

Ftª Camila Marzano – Fisioterapeuta

“O EPI-NO é um aparelho fantástico. Sua facilidade de uso e a rapidez com que os resultados aparecem são realmente algo único”.

Marcela Fernandez – Fisioterapeuta Obstetra

“Tive gemêos. E se não fosse o EPI-NO ainda estaria na maternidade me recuperando. Foi uma experiência única. Quero ter mais uma menina.”

Carla Maria – mamãe do Lucas e do Gabriel

“O João é o meu segundo filho, e puder notar a diferença no conforto que foi para ele nascer após utilizar o Epi-no. Em meu primeiro parto não usei o Epi-no porque não o conhecia ainda. Adorei e continuo usando para recuperar e fortalecer a musculatura do assoalho pélvico.”

Ana Maria – mamãe do João Pedro

“O Epi-no me fez ter o Henrique com muito mais calma e tranquilidade. Foi lindo. Eu tinha receio da dor do parto normal, mas foi mais tranquilo do que eu pensava.”

Marluce Vieira – mamãe do Henrique